Meio Ambiente

Nordeste já tem 132 localidades afetadas por manchas de petróleo

Erik Maia | 07/10/19 - 11h17 - Atualizado em 07/10/19 - 11h36
Local de desova de tartarugas em Coruripe é atingido por manchas de óleo | Arquivo TNH1

O número de localidades atingidas pelas manchas de petróleo cru no litoral do Nordeste subiu para 132, nos nove estados da região. Em Alagoas, são 14 pontos de praias em nove municípios. Em todo o litoral alagoano, só não há registros oficiais em Maragogi, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Jequiá da Praia e Feliz Deserto.

A atualização, realizada neste domingo, está publicada no site do Ibama. Na última sexta-feira (4), o número de localidades afetadas era 124.

Imagem: IBAMA

Ontem (6), o TNH1 mostrou que as manchas de óleo foram avistadas na praia da Lagoa do Pau, em Coruripe. Na manhã de hoje, o Ibama confirmou a chegada da substância à foz do Rio São Francisco, em Piaçabuçu. O levantamento aponta que Alagoas é um dos estados menos afetados pelo problema, que segue em monitoramento.

Levantamantos feitos pela imprensa apontam o dano causados a fauna do Litoral da região Nordeste. Tartarugas, uma ave e um golfinho já foram encontrados mortos na região. Em todos os casos os animais apresentavam manchas de óleo.