Polícia

Padrasto preso por torturar e espancar criança de 5 anos confessa agressões

Ao ser transferido de hospital, menino ainda presenciou incêndio na ambulância onde estava

TNH1 | 23/04/21 - 12h02 - Atualizado em 23/04/21 - 12h18
Reprodução/Pão de Açúcar Notícias

O homem preso sob a suspeita de torturar, espancar e manter sob cárcere privado o próprio enteado, de apenas 5 anos, em Pão de Açúcarconfessou à polícia, durante depoimento, que praticava as agressões. Ele teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pela Justiça alagoana.

"Recebemos a notícia de que uma criança de cinco anos havia sido agredida pelo padrasto. A genitora da vítima encaminhou a criança para unidade de saúde da localidade. Lá, o médico suspeitou de que a criança tinha sido agredida e comunicou o fato à polícia local", disse o delegado Hugo Leonardo, titular da Delegacia Regional de Santana do Ipanema.  

"Na delegacia, a mãe confirmou que o padrasto já estava agredindo a criança há alguns meses. O homem também confessou o ato praticado. Ele foi autuado em flagrante por lesão corporal grave e pedimos ao Judiciário a conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva", acrescentou.

Ainda de acordo com a polícia, a mãe tentou esconder os maus-tratos em um primeiro momento e chegou a inventar que o menino havia caído do cavalo. A filha dela, de nove anos, também era vítima das agressões do homem.

O menino segue internado no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, onde passou por uma cirurgia e se recupera das lesões. Ele fraturou perna, braço e costelas.

O caso

A criança de cinco anos que estava sendo transportada pela ambulância que pegou fogo em Jaramataia, na madrugada de quinta-feira, 22, foi vítima de sessões diárias de tortura e espancamento cometidas pelo padrasto. 

As investigações apontam que o agressor batia no menino frequentemente e usava pedaços de madeira, assim como "tabicas", para feri-lo.

Em uma das agressões, o suspeito chegou a atingir as nádegas do enteado com ferro quente, usado para marcar animais.

Incêndio em ambulância

Ontem, durante encaminhamento para o HEA, o menino, a acompanhante e a equipe médica foram surpreendidos pelo incêndio no automóvel. A ambulância começou a pegar fogo próximo a um posto de combustível, na AL-220, em Jaramataia.

Felizmente ninguém sofreu queimaduras e puderam seguir viagem, até o hospital, em outro veículo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e uma viatura com três militares foram empregados na ocorrência.

Veja o vídeo divulgado pelo site Já É Notícia: