Interior

Pai de santo é morto a tiros em frente a terreiro de candomblé em Viçosa

08/08/18 - 09h30 - Atualizado em 08/08/18 - 09h30

O pai de santo José Cícero da Silva, conhecido como Lonan, de 35 anos, foi morto a tiros em frente a sua casa no município de Viçosa, Zona da Mata de Alagoas. O caso aconteceu na noite dessa terça-feira, dia 07. Na residência da vítima, funcionava um terreiro de candomblé.

O Grupo Gay de Alagoas (GGAL) acredita que a morte de Lonan pode ter sido um crime de homofobia, já que ele era homossexual.

No entanto, a Delegacia Regional de Viçosa, por meio do chefe de cartório Ricardo Tenório, diz que ainda é cedo para levantar qualquer suspeita, tendo em vista que nenhuma testemunha ou parente da vítima foram localizados até o momento.

“O local do crime era muito esquisito, só havia duas casas. Ainda não temos uma linha de investigação porque as testemunhas estão sendo localizadas. Não sabemos se ele tinha alguma inimizade”, explicou Tenório.

Questionado sobre a possibilidade de latrocínio, o chefe de cartório afirmou que isso pode ser descartado, já que até o momento não há informação de que a vítima tenha sido roubada.