Polícia

Polícia prende segundo suspeito do desaparecimento de comerciante em Teotônio Vilela

01/08/18 - 16h20 - Atualizado em 01/08/18 - 16h38
Arquivo Pessoal

O segundo suspeito de envolvimento no desaparecimento do vendedor Ailton Alysson da Silva, de 35 anos, em Teotônio Vilela, se entregou à polícia na manhã desta quarta-feira, 1º, e foi encaminhado para o Sistema Prisional de Alagoas, em Maceió.

De acordo com o delegado Arthur César, responsável pelo caso, o suspeito, que não teve o nome revelado, estava foragido e se entregou após conversas entre a polícia e a defesa do rapaz. Ainda segundo o delegado, ele é primo do primeiro suspeito preso do caso.

Questionado sobre a motivação do crime, o delegado informou que pode ser o fato da vítima ser suspeita de efetuar disparos na porta de uma senhora no mês de março, e um dos tiros atingiu a motocicleta de um dos suspeitos, que foi preso há duas semanas.

Sobre o paradeiro do vendedor, o delegado declarou que ainda não tem pistas que leve até a localização da vítima. Quem tiver informação sobre o caso pode ser feita ao Dique Denúncia 181.

O caso

Ailton Alysson foi levado por bandidos no próprio carro, um Fiat Bravo bege de placa NMI-6403, no dia 22 de junho, em Teotônio Vilela. Os criminosos tinham o apoio de outro veículo, de modelo não identificado, de cor preta com um giroflex, luz usada em veículos descaracterizados da polícia, e teriam se identificado como policiais.

Quatro dias depois do sequestro, o Grupamento Aéreo da Secretaria de Segurança Pública encontrou um carro da vítima carbonizado em um canavial no Povoado Gama Dantas, em Limoeiro de Anadia.