Justiça

Reunião vai tratar de venda de bebidas a adolescentes na orla de Maceió

Erik Maia | 26/08/19 - 12h21 - Atualizado em 26/08/19 - 12h30
Marco Antônio/Secom Maceió

Uma reunião deverá traçar as medidas para coibir a venda de bebidas alcoólicas a crianças e adolescentes em áreas públicas de Maceió. De acordo com a juíza titular da 28ª Vara Cível da Infância e da Juventude de Maceió, a reunião foi marcada após a divulgação de vídeos em redes sociais que mostram uma briga de galeras, que teria ocorrido no final da tarde de ontem (26), na Rua Fechada, no bairro de Ponta Verde, em Maceió. A situação pode estar associada ao consumo de bebidas.

A informação sobre a reunião foi confirmada ao TNH1 pela juíza Fátima Pirauá, titular da 28ª Vara Cível da Infância e da Juventude da Capital. Ela informou que foi comunicada sobre o tumulto através da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel/AL).

“Na próxima quarta-feira [28], iremos nos reunir com a promotora Alexandra Beurlen e com a direção da Abrasel/AL para traçar medidas de como coibir esse tipo de prática. A partir dessa reunião, nós iremos acionar a Prefeitura de Maceió e o Governo de Alagoas sobre a questão da segurança pública, para que possam nos ajudar nesse sentido”, afirmou.

A magistrada informou ainda que há uma equipe da 28ª Vara responsável por fiscalizações. “Nós somos uma vara protetiva. Temos uma equipe para fiscalização, mas essas questões de vendas de bebidas para menores é de responsabilidade das prefeituras e do governo de Alagoas, então vamos alinhar para que, após a reunião, nós tenhamos algo nesse sentido”, disse a magistrada.