Futebol

Senado aprova convite e Lucas Paquetá deve ser ouvido na CPI da Manipulação

Estadão Conteúdo | 18/06/24 - 17h32
Lucas Figueiredo/CBF

A CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas, conduzida pelo Senado, aprovou, nesta terça-feira (18), o convite ao meia Lucas Paquetá, que defende o West Ham, da Inglaterra, e a seleção brasileira, para que ele venha prestar depoimento sobre o caso em Brasília.

O atleta revelado pelo Flamengo vem sendo alvo de investigação por parte da Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) por um suposto envolvimento em apostas em partidas do Campeonato Inglês. Ele nega as acusações. Por se tratar de um convite, o atleta pode declinar do chamado.

Em meio à investigação que está tramitando no Senado, Lucas Paquetá se encontra nos Estados Unidos, já que foi chamado pelo técnico Dorival Júnior para a disputa da Copa América com a seleção.

O jogador, que chegou a ser afastado de algumas convocações, teve o seu nome confirmado na lista de relacionados para o torneio de seleções. O Brasil faz a sua estreia no próximo dia 24 de junho (segunda-feira), diante da Costa Rica e integra o Grupo D.

O requerimento que convida o atleta a vir depor, é de autoria do senador Eduardo Girão e foi feito no dia 27 de maio. A aprovação, no entanto, foi confirmada na reunião desta terça-feira.

De acordo com a Federação Inglesa, o jogador brasileiro teria violado as regras de conduta sobre apostas esportivas em quatro partidas: contra o Leicester, Aston Villa, Leeds United e Bournemouth. Nos quatro jogos, ele foi advertido com cartão amarelo.