Alagoas

Toque de recolher começa hoje às 21 horas nos 102 municípios alagoanos

Gilson Monteiro | 19/03/21 - 07h00 - Atualizado em 19/03/21 - 16h20
Foto: Renato Melky/Cortesia ao TNH1

Começa nesta sexta-feira, 19, o toque de recolher em todos os 102 municípios alagoanos. A medida mais rígida foi determinada pelo governo do estado, junto a outras medidas de distanciamento social - como fechamento do comércio e praias no fim de semana -  para conter o avanço da Covid-19 no estado. Até o boletim dessa quinta-feira, 18, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Alagoas registrou 144.412 casos e 3.274 óbitos por Covid-19.

De acordo com o Decreto nº 73.65073.650, (imagem abaixo) a restrição de horário de circulação das pessoas nas ruas e logradouros públicos começa às 21h e vai até as 5h. Com isso, devem ser interrompidas também reuniões para prática de quaisquer atividades sociais, esportivas ou culturais, ressalvando o direito de ir e vir da população para o deslocamento para sua residência e/ou local de trabalho, bem como para os serviços essenciais. 

Fiscalização

Apesar de o toque de recolher ser uma medida que, para surtir efeito, precisa da colaboração da população, as forças policiais da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) irão fiscalizar as ruas na capital e no interior. O efetivo da Polícia Militar, com participação das demais corporações, irão patrulhar as ruas em todas as cidades.  Em Maceió, o planejamento tem pontos estratégicos, mas que não serão divulgados previamente para não prejudicar o andamento da fiscalização.  

O cidadão que descumprir o toque de recolher será encaminhado pela polícia até sua residência. 

Comércio fechado 

O novo decreto reduziu drasticamente o funcionamento do comércio, com fechamento nos finais de semana, e horários reduzidos durante a semana. 

Lojas localizadas no bairro do Centro funcionarão das 9h às 17h, de terça à sexta-feira, vedado o funcionamento no sábado, domingo e segunda-feira. Lojas de rua e galerias funcionarão das 10h às 18h, de segunda a sexta-feira, vedado o funcionamento no sábado, domingo e segunda-feira. Shopping centers funcionarão das 11h às 20h, com funcionamento proibido aos sábados, domingos e terças-feira.

Veja abaixo outros setores, e AQUI você confere todas as medidas do drecreto.

► Feiras-livres -  serão incluídas na lista de serviços essenciais, funcionando sob protocolo sanitário, evitando aglomerações e com espaçamento de bancas.

► Praias e calçadões, lagoas e rios - Fecham nos finais de semana.  Durante a semana podem ser utilizados para atividade física individualmente ou pequenos grupos. 

► Academias - permitido funcionamento, com 30% de ocupação e sob agendamento. Mas ficam proibidas para pessoas com mais de 60 anos e com qualquer comorbidade que pode ser agravada pela Covid. Todo cidadão que vai praticar atividade física em academia, mesmo com os controles estabelecidos e horário agendado, vai ter que declarar ao proprietário do estabelecimento que não tem comorbidades. 

Igrejas e templos: seguem funcionando com 30% da capacidade máxima.

► Salões de beleza:  Seguem funcionando com capacidade  reduzida e sob agendamento, não haverá possibilidade de ir e aguardar em fila. Se houver fila e a fiscalização flagrar, o estabelecimento será fechado. Os donos destes estabelecimentos devem agendar os horários dos clientes. 

Foto: Itawi Albuquerque

Autorizado a funcionar

O decreto também traz o que pode funcionar em Alagoas. Alguns estabelecimentos permanecem abertos, e outros com restrições, mas todos precisam seguir o protocolo sanitário. 

Por exemplo, as oficinas mecânicas, lojas de autopeças, e estabelecimentos de higienização veicular, por exemplo, podem abrir, mas com hora marcada e sem aglomeração de pessoas. Outro exemplo são padarias, lojas de conveniência, mercados, supermercados, minimercados, açougues e peixarias que abrem, mas sendo expressamente proibido o consumo local, tanto de bebidas quanto de comidas.

Veja AQUI a lista completa do que pode funcionar.