Geral

VC Repórter: ameaça de invasão faz PM "bater ponto" em supermercado incendiado

11/04/16 - 11h20 - Atualizado em 11/04/16 - 11h33
Reprodução / VC Repórter

Uma concentração de pessoas em frente ao supermercado Azulão, no Village Campestre, em Maceió, tem chamado atenção de moradores da região e da Polícia Militar, quase todas as tardes, desde um incêndio que atingiu o estabelecimento no dia 4 de abril.

Segundo informou uma moradora ao TNH1, a multidão tenta saquear o que restou do supermercado e, para evitar o furto e, ainda, um acidente com a estrutura do imóvel, atualmente fragilizada, a PM precisa "bater ponto" no local.

Um vídeo enviado ao TNH1 por meio do VC Repórter, canal do aplicativo de celular da Pajuçara, mostra a multidão e duas viaturas da polícia em frente ao estabelecimento.

Segundo informações da professora Maria Gilvania Sandes da Silva, autora do vídeo, o tumulto tem ocorrido toda tarde. "O povo quer levar o que sobrou de mercadoria do supermercado, mesmo sabendo que toda a estrutura foi condenada pelo Corpo de Bombeiros", lamentou.

Veja vídeo:

O mais preocupante, para a professora Maria Gilvania, é que é visível que as paredes do supermercado estão abaladas. "Se isso vier abaixo, pode atingir esse povo que insiste em recolher os restos do supermercado e causar até algo mais grave", observou.

O supervisor do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) confirmou à reportagem que a guarnição foi acionada diversas vezes para conter a multidão. "Eles querem fazer da mesma forma que aconteceu em outra ocorrência, nas proximidades do Mercado da Produção", comentou o policial.