Interior

Vídeo: suspeito de explorar idoso é solto sob aplausos em União

TNH1 com TV Pajuçara | 29/08/19 - 20h15 - Atualizado em 30/08/19 - 08h45
Idoso era mantido em condições análogas à escravidão | TNh1 / Arquivo

Adenílson da Silva, de 53 anos, suspeito de manter um idoso em condições subumanas numa casa no assentamento Santa Quitéria, em União dos Palmares, foi solto no início da tarde desta quinta-feira (29), sob aplausos de familiares e amigos que o esperavam na porta da delegacia, no mesmo município.

Francisco Bezerra Silva, 73 anos, foi encontrado, no último dia 22, em situação análoga à escravidão. De acordo com uma denúncia, o homem foi contratado por Adenílson e trabalhava todos os dias de 5h às 18h, descalço, sem camisa, sem chapéu, e exposto a sol e chuva. Ele não recebia salários e teria chegado a comer ratos para sobreviver.

O suspeito de explorar Francisco foi preso no mesmo dia em que o homem foi resgatado e prestou esclarecimentos à polícia. Uma semana após a detenção, ele teve a prisão preventiva revogada pela Justiça, que entendeu que não havia elementos suficientes para mantê-lo recluso.

Apesar da soltura, Adenílson não foi declarado inocente, já que o processo continua e as investigações devem apontar os próximos procedimentos.

Assista: