Geral

Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas

29/04/16 - 12h07 - Atualizado em 29/04/16 - 12h43

Comerciantes que tiveram suas bancas queimadas por um incêndio de grandes proporções ocorrido na noite dessa quinta-feira (28) na feirinha do Tabuleiro, parte alta de Maceió, começam a contabilizar o prejuízo causado pelas chamas.

Amigos e colegas do comerciante tentavam retirar das cinzas alguma coisa que pudesse ser reaproveitada, ainda que no ferro-velho.

Transtornado, o proprietário da banca onde o incêndio teria começado, João Paulo Fernandes da Silva, comentou que o prejuízo passou dos R$ 30 mil. "Tudo que construímos virou pó, agora é arrumar essa bagunça e começar tudo de novo", lamentou.

A loja de João Paulo, que vendia itens de cozinha como copos, pratos, e panelas, foi a mais atingida. Não sobrou quase nada. Assista o lamento do feirante:

Outros comerciantes que trabalham na região comentam que este não é o primeiro caso de incêndio dentro do galpão onde a lojinha foi destruída. "A sorte é que João Paulo fez a estrutura de alvenaria, porque se fosse de madeira, como é a maioria, não tinha sobrado nada", disse Ademilton Leite.

Ao que tudo indica, um curto-circuito teria causado o incêndio na loja vizinha e se alastrado para outros pontos comerciais. Em pouco tempo, o Corpo de Bombeiros esteve no local com três viaturas e levou pouco mais de 3 horas para controlar as chamas.

Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas
Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas
Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas
Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas
Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas
Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas
Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas
Vídeos: no dia seguinte a incêndio, comerciantes mostram prejuízos em lojas