Futebol Nacional

Zaga vacila muito, Vasco perde 2ª seguida e liga sinal de alerta

Em jogo nervoso, Cruzmaltino errou muito atrás e reagiu tarde. Agora, ainda é lider, mas não isolado, Divide a ponta com Atlético-GO

02/07/16 - 20h43 - Atualizado em 02/07/16 - 20h46

Vasco vive, definitivamente, o seu pior momento nesta Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de perder em casa para o Paraná na última terça, neste sábado o time carioca foi derrotado para o Avaí por 2 a 1, no Estádio da Ressacada, e já começa a se preocupar em perder a liderança. O jogo foi válido pela 14ª rodada da competição.

Renato Júnior e Rômulo marcaram os gols da vitória do time avaiano, construída no segundo tempo da partida, e que distancia um pouco o time catarinense do Z4. Caio Monteiro, no finalzinho da partida, diminuiu para o time da Colina.

Agora, o Avaí tem 16 pontos e está a quatro da zona incômoda. O Vasco, por sua vez, ainda é líder, mas não mais isolado. Divide a liderança com o Atlético-GO, que derrotou o Náutico mais cedo por 3 a 0. Ambos tem 28 pontos, mas o time cruzmaltino leva vantagem por ter uma vitória a mais que o time goiano (9 contra 8).

1º TEMPO VIOLENTO

O primeiro tempo da partida na Ressacada apresentou um jogo aberto, mas não pela movimentação e troca de passe dos dois times, e sim porque as duas equipes erravam muito e marcavam mal.

Depois de várias jogadas ríspidas, a melhor chance da primeira etapa foi protagonizada pelo zagueiro Gabriel, do Avaí, que desperdiçou a chance de abrir o placar de cabeça quase dentro da pequena área.

ZAGA ATRAPALHADA

Na etapa final, o Avaí cresceu e foi letal. Logos aos quatro minutos, a bola foi lançada à área, a zaga do Vasco bobeou e Aislan, sem querer, rolou para Renato Júnior, livre, abrir o placar.

Não era o dia da defesa vascaína. Aos 19 minutos, foi a vez de Yago Pikachu e Martín Silva não se entenderem e ver Rômulo, que apareceu livre, driblar o goleiro para aumentar a vantagem.

Aos 26, em lance polêmico, o árbitro marcou pênalti de Rodrigo, que, na verdade derrubou o jogador do Avaí fora da área. Na cobrança, Martín Silva "livrou a barra do árbitrou" e voou no canto esquerdo para defender e dar ânimo ao time vascaíno, que conseguiu diminuir a desvantagem aos 40 minutos, com o jovem Caio Monteiro, em rebote de chute de Nenê.

Depois do gol, o time carioca pressionou ainda mais, ao tentar uma blitz na área do adversário, mas não evitou a segunda derrota seguida que liga o alerta.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada da Série B, a 15ª, o Vasco volta a jogar em São Januário, onde enfrenta o Brasil de Pelotas, no próximo sábado, em jogo marcado às 18h30. Na terça, às 19h45, o Avaí visita o Paraná, no Durival Britto.