Maceió

Furto de cabos e refletores gera prejuízos ao Município

11/02/18 - 22h02 - Atualizado em 11/02/18 - 16h36

Cabos que levam a energia pública para a Praça Gogó da Ema, na Ponta Verde, foram furtados, na última semana, gerando prejuízos para os cofres da Prefeitura de Maceió. A Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública (Sima) está calculando quanto custará para o poder municipal reparar os danos.

 Além dos cabos, foram levados quatro refletores da praça que iluminavam um dos monumentos. Em 2018, já foram constatados furtos no bairro do Pontal, em frente à sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar de Alagoas, e na Avenida Pierre Chalita, próximo ao acesso do Sítio São Jorge.

O superintendente da Sima, Frederico Lins, explicou que o prejuízo não é apenas com o furto dos cabos. “Quando acontece esse tipo de ação, não é só repor o que foi furtado, é que paralelo acontecem curtos-circuitos que sobrecarregam o sistema e queimam as lâmpadas, as luminárias de LED e os reatores, ”, explicou.

Denúncias podem ser feitas por telefone ou aplicativo

 Frederico Lins reitera à população maceioense que use os canais disponibilizados pela Sima para denunciar a falta de iluminação na capital alagoana, como o Disque Luz (0800 031 9055), o site da Prefeitura de Maceió (www.maceio.al.gov.br/disqueluz) ou o aplicativo Cidade Iluminada (disponível no Google Play e na Apple Store).