Interior

Após complicações da Covid, forrozeiro comemora alta médica com cantoria em Arapiraca

Cantor ficou 35 dias internado no Hospital Regional de Arapiraca

Assessoria | 27/04/21 - 08h19 - Atualizado em 27/04/21 - 08h32
Foto: Cortesia / Assessoria

“Mandacaru quando fulora na seca é o sinal que a chuva chega no sertão. Toda menina que enjoa da boneca é sinal que o amor já chegou no coração”. Esse trecho da música “Xote das Meninas”, do eterno Rei do Baião, Luiz Gonzaga, foi ecoado na noite desta segunda-feira, 26, na frente do Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, em Arapiraca.

A cantoria, com direito a trio pé-de-serra, aconteceu em comemoração à alta hospitalar do cantor Afrisio Acácio, conhecido na região como um dos maiores “forrozeiros” do Estado. O músico havia contraído COVID-19 no mês passado e desde então ficou internado, sendo que a maioria desse tempo dentro da Unidade Terapia Intensiva (UTI). 

Os dias de angústia, com Afrisio chegando a ficar intubado mais de uma semana e passando por procedimentos de diálise, deram lugar à alegria com sua recuperação. As músicas entoadas por seus amigos animaram também os profissionais da unidade, que comemoraram também a liberação do ilustre paciente. 

Nas redes sociais, a família e os amigos divulgaram vídeos e fotos do momento que o cantor estava saindo do hospital, ainda de cadeira de rodas como medida preventiva para evitar cansaço. Mesmo assim, Afrisio fez questão de cantar trecho de músicas e se emocionou ao ver o tamanho do carinho com que foi recebido. 

O músico também agradeceu os cuidados e a atenção de toda equipe do setor de COVID-19 do Hospital Regional, que esteve com ele por 35 dias.