Economia

Caixa lança empréstimos de até R$ 1 mil pelo Caixa Tem; saiba como contratar

UOL | 27/09/21 - 11h13 - Atualizado em 27/09/21 - 11h23
O usuário da conta poderá pedir o crédito Caixa Tem diretamente pelo app | Foto: Agência Brasil

A Caixa anunciou nesta segunda-feira (27) um programa de empréstimos de pequenos valores (microcrédito) por meio do aplicativo Caixa Tem. Os usuários do app já encontram informações sobre o calendário para atualizar a poupança digital. Os empréstimos, entre R$ 300 e R$ 1 mil e parcelas em até 24 vezes, podem ser contratados diretamente no celular por cerca de 100 milhões de clientes. Para ter acesso ao microcrédito, será necessário atualizar o cadastro com informações pessoais. Essa atualização será liberada aos poucos, conforme o mês de aniversário do usuário, seguindo o calendário abaixo:

  • Janeiro e fevereiro: 27/9
  • Março e abril: 18/10
  • Maio e junho: 8/11
  • Julho e agosto: 29/11
  • Setembro e outubro: 13/12
  • Novembro e dezembro: 27/12

Após a atualização, o usuário da conta poderá pedir o crédito Caixa Tem diretamente pelo app. O valor liberado dependerá de análise de crédito. "Antes de contratar, lembre-se de fazer as contas para ver se o valor das parcelas cabe no seu bolso, pois é importante manter o pagamento do empréstimo em dia para que sua vida financeira fique sempre organizada", diz um aviso exibido no aplicativo.

Caixa já vinha atualizando cadastros - A Caixa já estuda formas de implementar a oferta de microcrédito pelo Caixa Tem há meses. Executivos do banco afirmaram em diversas oportunidades que o plano era expandir os serviços oferecidos por meio do aplicativo.

O Caixa Tem foi criado no primeiro semestre de 2020 para movimentar as poupanças digitais gratuitas criadas por lei para o pagamento de benefícios sociais. Por meio do app, milhões de brasileiros receberam o auxílio emergencial, o BEm (Benefício Emergencial, pago a quem teve o salário reduzido) e o abono salarial do PIS/Pasep. Desde novembro, beneficiários do Bolsa Família também passaram a receber o depósito na poupança digital. Em março de 2021, o app exibiu por algumas horas a opção "Cliente Top", que guiava os usuários para uma atualização cadastral. O ícone gerou confusão e acabou sendo tirado do ar. À época, o UOL apurou que se tratava de um projeto-piloto para atualizar as poupanças digitais. Um dos objetivos era justamente ter mais dados sobre o perfil de cada usuário para poder oferecer o microcrédito.