Interior

Menina de 10 anos é encontrada enforcada em estábulo; polícia investiga morte

Eberth Lins | 09/07/24 - 12h17
Maria Katharina tinha 10 anos e foi encontrada enforcada | Foto: Reprodução

Uma criança foi encontrada enforcada dentro do estábulo que fica na propriedade da família, em Palmeira dos Índios, no interior de Alagoas, nessa segunda-feira (08). Maria Catharina, de 10 anos, chegou a dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas estava sem vida.

A menina inicialmente foi levada pela família, mas no meio do caminho foi transferida para uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Já na Sala Vermelha da UPA, "foi identificada sinais de enforcamento, sulco em região cervical, horizontal, petéquias na face, cianose central e pupilas midriáticas, sem reflexos presentes", traz o prontuário da menina, que o TNH1 teve acesso,.

O corpo da menina foi recolhido na UPA de Palmeira dos Índios e levado ao Instituto Médico Legal (IML), em Arapiraca, onde está sendo necropsiado, na manhã desta terça-feira (09). Familiares e amigos poderão dizer o último adeus no velório, que acontecerá na casa dos pais, no Povoado Moreira. O sepultamento está previsto para às 15h, no Sítio Lagoa Comprida, na cidade de Igaci. 

A causa aparente da morte de Maria Katharina é suícídio, no entanto, a Polícia Civil (PC) vai instaurar um inquérito para apurar o caso.  "Como foi uma morte violenta, vamos instaurar um inquérito para saber o que de fato aconteceu. Estamos esperando somente o sepultamento, respeitando o luto das pessoas próximas, mas depois vamos intimar os familiares para colher os depoimentos", adiantou o chefe de operações da delegacia de Palmeira dos Índios, Diego Martins.

Polícia vai investigar causa da morte da menina. Foto: Reprodução

Maria Katharina teria sido deixada sozinha em casa, enquanto os pais socorriam um irmão menor da menina à UPA de Palmeira. Os irmãos estariam brincando horas antes no estábulo, quando ele se feriu e os pais o levaram para o médico. Ao retornar, a família já encontrou a menina enforcada.