Gente Famosa

Acostumada a exibir vida de luxo, Antônia Fontenelle declara só R$ 25 mil em bens ao TSE

UOL | 01/09/22 - 09h56
Divulgação

Foram cinco anos de carreira na Globo, mais algumas novelas em Record e SBT. Antonia Fontenelle ainda foi apresentadora da TV Jovem Pan em 2021. Apesar disso, a artista declarou apenas R$ 25 mil à Justiça Eleitoral, o que seria referente a uma empresa de produções artísticas registrada em seu nome.

Muitos eleitores não ficaram convencidos com o valor informado, já que os números declarados contrastam com o alto padrão e a vida de luxo que a youtuber ostenta nas redes sociais. Fontenelle saiu candidata a deputada federal no Rio de Janeiro pelo Republicanos.

Um dos questionamentos é em relação à famosa herança de Marcos Paulo —de quem é viúva - após uma batalha judicial de dez anos. Em novembro do ano passado, ela disse ter feito um acordo com as filhas do diretor da Globo pelo valor.

Marcos Paulo faleceu em 2012 de embolia pulmonar. Fontenelle, que ganhou na Justiça uma herança avaliada inicialmente em R$ 30 milhões, afirmou ano passado que abriu mão do percentual de 25% a que teria direito, e ficaria com apenas R$ 4 milhões. Nenhuma informação a respeito dessa fortuna deixada pelo marido, contudo, foi declarada ao TSE.

"A única que tenho em meu nome é o capital social da minha empresa, fundada em 1997, e eu faço questão de dizer. Meu carro é alugado. Minha casa no Rio de Janeiro é alugada. Meu apartamento em São Paulo é alugado. E não recebi nada ainda da herança do meu marido", disse ao UOL.

"Eu tinha um flat mas precisei vender para continuar pagando meu advogado e tentar resolver o imbróglio da herança", completou.

Em suas redes sociais, Fontenelle exibe um estilo de vida de alto padrão e também já falou sobre o assunto em entrevistas.
Em 2017, por exemplo, quando o seu segundo filho tinha nove meses de vida, ela afirmou que pagava um salário de R$ 2,4 mil só a uma babá. Mais recentemente, disse que, além dos filhos, sustenta também a neta e gosta de bons restaurantes.

Em uma entrevista à Revista Veja de 2020, Fontenelle declarou que havia recusado um cargo no governo Bolsonaro, porque o salário oferecido na época, na faixa dos R$ 15 mil, seria muito abaixo dos seus padrões.

Questionada sobre quanto ela ganha, Fontenelle afirmou que "ninguém tem que saber o quanto ela ganha", mas confirmou ao UOL o que já disse em outras entrevistas, recebe cerca de R$ 20 mil por públi nas redes sociais.

Vale lembrar que a influencer tem gastado boa parte do dinheiro também em problemas na Justiça. Em dezembro de 2021, Fontenelle foi condenada a pagar R$ 40 mil por ter ligado Felipe Neto e seu irmão, Lucas, à pedofilia.

Mais recentemente, Klara Castanho pediu na Justiça uma indenização de R$ 100 mil após a youtuber expor fatos delicados sobre a vida da atriz.