Futebol

Léo Gamalho marca, CRB empata com o Cruzeiro e avança na Copa do Brasil

Redação TNH1 | 26/08/20 - 15h15 - Atualizado em 26/08/20 - 18h35
Goleador: Léo Gamalho marca mais um no Cruzeiro e garante classificação do CRB | Gustavo Henrique / CRB

O CRB está classificado para a quarta fase da Copa do Brasil! O Galo administrou a vantagem construída no jogo de ida e empatou com o Cruzeiro em 1 a 1 na tarde desta quarta-feira (26), no Rei Pelé, em Maceió, pela terceira fase da Copa do Brasil 2020. Giovanni abriu o placar aos 45' do primeiro tempo e o artilheiro Léo Gamalho igualou o resultado no começo da segunda etapa. O TNH1 e a Rádio Pajuçara FM Maceió - 103,7 acompanharam a partida. 

Após vencer a Raposa por 2 a 0 no Mineirão, em Belo Horizonte, o Galo segurou o adversário no Trapichão e passou com 3 a 1 na soma dos placares. O destaque fica com o atacante Léo Gamalho, que marcou os três gols do Regatas no confronto. O próximo adversário do Galo será conhecido em sorteio a ser realizado pela CBF. 

Cota

Com a classificação, o CRB segue vivo na Copa do Brasil e ainda embolsa R$ 2 milhões na premiação paga pela Confederação Brasileira de Futebol.

Igor

O lateral-esquerdo do CRB precisou ser levado de ambulância para o hospital depois de cair em uma disputa de bola pelo alto no começo do segundo tempo. Após a partida, a assessoria de comunicação do CRB informou que o atleta está bem e tranquilizou familiares e torcedores.

Cruzeiro na frente

Precisando correr atrás do placar, o Cruzeiro começou com mais posse de bola, enquanto o CRB segurou o freio. Aos 10', Diego Torres saiu jogando errado, Roberson arriscou de fora e mandou à direita de Victor Souza. Dois minutos depois, Maurício finalizou e Victor Souza defendeu. Aos 20', Maurício dominou de costas para o gol, sendo marcado pela defesa regatiana e foi derrubado por Victor Souza, que saiu do gol de maneira atabalhoada. Os jogadores do time mineiro reclamaram de pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir. 


Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro

O técnico Marcelo Cabo precisou mexer aos 27 minutos. Ewerton Páscoa sentiu a coxa esquerda e foi substituído pelo estreante Reginaldo Júnior. O Galo teve chegadas interessantes com Lucas Mendes pela direita e Luidy na esquerda, mas não converteu bem o último passe. Aos 39', Maurício chutou mais uma, dessa vez sem força, mas a bola quicou no gramado e quase atrapalhou Victor Souza, que pegou em dois tempos. 

Aos 44', Magno Cruz completou cruzamento de Lucas Mendes e cabeceou na meta, mas Fábio segurou. No lance seguinte, a Raposa abriu o placar. Riquelmo acionou Giovanni na esquerda, o jogador invadiu a área, bateu cruzado e balançou as redes no Rei Pelé. O Regatas teve ainda boa chance de empatar em jogada de Magno Cruz, mas Igor pegou a sobra e finalizou no meio para defesa de Fábio. Ainda no último lance do primeiro tempo, os jogadores do CRB reclamaram de um bola na mão na área do Cruzeiro, mas o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araujo entendeu que a bola foi no ombro do defensor e deixou o jogo seguir. 

Galo classificado

Logo com dois minutos de segundo tempo, o lateral-esquerdo Igor, do CRB, levou a pior em disputa pelo alto e precisou ser levado pela ambulância ao hospital. O jogo ficou paralisado por 16 minutos. E quando retornou foi com bola na rede. Léo Gamalho aproveitou escorregada de Léo, não perdoou e colocou no canto esquerdo de Fábio para empatar a parada. 


Foto: Gustavo Henrique / CRB

A partir daí o Galo voltou a recuar as peças e administrar a vantagem. Com o bloco no ataque, o Cruzeiro tentou em finalizações de Airton, Thiago e Maurício, mas o goleiro Victor Souza cresceu na meta alvirrubra e fechou o gol. O jogo seguiu truncado e as substituições em ambos os lados não alteraram o placar. O CRB administrou bem a vantagem em casa e despachou o adversário mineiro, que é o maior campeão da Copa do Brasil e já conquistou a competição seis vezes. De quebra, é a primeira vez que o time alagoano chega nesta fase da competição.   


Foto: Gustavo Henrique / CRB

Ficha técnica

CRB

1- Victor Souza
2- Lucas Mendes
3- Gum
4- Ewerton Páscoa (15- Reginaldo, aos 27' do 1º tempo)
6- Igor (16- Hugo, aos 2' do 2º tempo)
5- Claudinei
8- Washington
7- Magno Cruz (18- Dudu, aos 31' do 2º tempo)
10- Diego Torres
11- Luidy
9- Léo Gamalho

Técnico: Marcelo Cabo

Banco: 12- Edson Mardden, 13- Thalisson Kelven, 14- Ricardo, 15- Reginaldo, 16- Hugo, 17- Carlos Jatobá, 18- Dudu, 19- João Carlos, 20- Felipe Menezes, 21- Addson, 22- Bill e 23- Darlisson. 

Cruzeiro

1- Fábio
2- Raúl Cáceres
3- Léo
32- Manoel
31- Giovanni
16- Jadson
5- Ariel Cabral
47- Riquelmo (17- Judivan, aos 28' do 2º tempo)
11- Maurício (20- Marco Antônio, aos 28' do 2º temp)
37- Roberson (77- Airton, aos 15' do 2º tempo)
18- Thiago

Técnico: Enderson Moreira

Banco: 12- Lucas França, 39- Vitor Eudes, 4- Ramon, 6- João Lucas, 14- Cacá, 15- Adriano, 17- Judivan, 20- Marco Antônio, 25- Filipe Machado e 77- Airton. 

Gols

CRB: Léo Gamalho (3' do 2º tempo)

Cruzeiro: Giovanni (45' do 1º tempo).

Cartão amarelo

CRB: Léo Gamalho, Dudu. 

Cruzeiro: Léo, Thiago, Judivan, Jadson. 

Arbitragem

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (CBF/SP);
Assistente 1: Alex Ang Ribeiro (CBF/SP);
Assistente 2: Evandro de Melo Lima (CBF/SP);
Quarto árbitro: Jose Ricardo Vasconcellos Laranjeira (CBF/AL);
Analista de campo: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (CBF/AL).